Com Carla Camuratti, Ségio Mambertti Boa história policial, inspirada nos quadrinhos do Spirit, com policiais corruptos, oculto cam viver a vida voyeurs mulheres misteriosas, tiros e perseguições.
Com Sandra Midori, Deborah Muniz, Wagner Maciel, Eliseu Faria.
Mais uma mostra de porque o Brasil é uma potência mundial em filmes sobre mulheres aprisionadas!Imagem meio desbotada e granulada, mas perfeitamente assistível.Com Zélia Martins, Sônia Vieira.(2) delicioso sabor DO sexo, O- Dir.Filme espírita sobre a tragédia do incêncio do edifício Joelma, com uso de cenas reais do fato.Cidade tranquila se vê agitada por onda de violência, culminando com a morte do delegado.(1) ilusÕES ERÓticas- Dir.Com a musa Helena Ramos.Muita nudez e sexo softcore, inclusive uma ousadíssima cena com Matilde Mastrangi.Jovem ingênua espiona rotina de vizinha prostituta.Alguma violência e tensão no final, quando a casa é invadida por vagabundos.




(4) louco POR cinema- Dir.Uma das mais inacreditáveis pérolas trash do cinema nacional, ou melhor, mundial!Editor de revistas pornográficas emprega rapazes para que filmem e fotografem garotas ingênuas, encaminhando-as à prostituição.Jovem cantor de sucesso e muito assediado pelas fãs (mas explorado por sua própria família busca refúgio na natureza, se envolvendo com Janaína, misteriosa habitante do local.Rapaz finge ser espírito de três maridos mortos, para conhecer as viúvas na intimidade.Filme raríssimo, que não consta em vários catálogos oficiais, o que chegou a provocar dúvidas sobre se ele foi realmente realizado.(3) como fazer UM filme ERÓtico EM DEZ LIÇÕES- Dir.Neville de Almeida, 1978.Jeremias Moreira Filho, 1982.(4) condenada POR UM desejo- Dir.Mas para isso tem que enfrentar um robô gay e 'Os Paspalhões (obscura versão brasileira dos Três Patetas).
Advogado abandona a carreira e a noiva para caçar impiedosamente homens que massacraram sua família.
No primeiro, uma jovem (interpretada por Carla Camuratti faz de tudo pra perder chat sexo bol rio de janeiro gay a virgindade.



André Luiz Oliveira, 1995.
XXX em boa, absurda e violenta história!

[L_RANDNUM-10-999]